Cacheadas · Coloridas · Crespas · Lisas · Onduladas · Ruivas

Decifrando o rótulo dos produtos capilares

Oi gente!

Noto que bastante gente tem dificuldade em ler os ingredientes dos produtos que compra, por isso hoje vou dar início a uma série de posts explicando os principais componentes dos produtos que usamos no cabelo. Antes de começar, indico que você leia os posts que já fizemos por aqui explicando o que é cronograma capilar e as diferenças entre hidratação, nutrição e reconstrução.

leia-o-rotulo-dos-produtos-de-beleza

Os ingredientes podem ser divididos em grupos

Uma maneira de facilitar o entendimento da composição de um produto é dividir os ingredientes em grupos, de acordo com a sua função. As categorias básicas são:

  • Agentes de Limpeza;
  • Hidratantes e Umectantes;
  • Conservantes e Antimicrobianos;
  • Óleos e Manteigas;
  • Proteínas e Aminoácidos;
  • Silicones;
  • Petrolatos.

Nos próximos posts eu explicarei detalhadamente cada uma dessas categorias, mas, por ora, vamos ver quais são os compostos mais encontrados em cada uma delas e sua função básica?

Agentes de Limpeza

lavar-cabelo

Têm a função de remover a sujeira e oleosidade excessiva acumulada nos fios. Também são chamados de detergentes ou surfactantes.

Os ingredientes mais comuns deste tipo são: sodium laureth sulfate (lauril éter sulfato de sódio), ammonium laureth sulfate (lauril éter sulfato de amônio) e cocamidopropyl betaine (cocoamidopropil betaína).

Hidratantes e Umectantes

hidratacao

Substâncias hidratantes são aquelas capazes de repor água no interior dos fios. Componentes umectantes, por sua vez, impedem que o cabelo perca sua umidade natural, formando uma camada protetora na superfície do fio.

Exemplos de componentes hidratantes e umectantes: panthenol (pantenol), glycerin (glicerina),  aloe vera (babosa), poliálcoois (propilenoglicol, butilenoglicol, etc), vitaminas e extratos vegetais em geral.

Conservantes e Antimicrobianos

Prolongam a vida útil do produto, impedindo a proliferação de bactérias e fungos. Impedem alterações na cor, textura e odor dos produtos e evitam a perda de eficácia do mesmo.

Alguns dos conservantes utilizados na indústria cosmética são: parabenos, quatérnio-15, metilisotiazolinona, álcool etílico.

Óleos e Manteigas

óleosveg.jpg

Preenchem poros, cavidades e rachaduras nos fios, tornando-os mais macios. Os cabelos ficam mais encorpados e alinhados, com brilho. Estes ingredientes são característicos de produtos nutritivos.

Alguns dos óleos e manteigas encontrados em cosméticos capilares são: cocos nucifera oil (óleo de coco), argania spinosa kernel oil (óleo de argan), ricinus communis seed oil (óleo de rícino), shea butter (manteiga de karité), murumuru butter (manteiga de murumuru).

Proteínas e Aminoácidos

São responsáveis pela reposição da “massa” do fio, característicos de produtos reconstrutores da fibra capilar.

Os principais componentes dessa categoria são: hydrolyzed keratin (queratina hidrolisada), hydrolyzed wheat protein (proteína hidrolisada do trigo), hydrolyzed collagen (colágeno hidrolisado), hydrolyzed soy protein (proteína hidrolisada da soja), creatina, arginina, cisteína.

Silicones

silicone

Os silicones formam filmes protetores ao redor dos fios, protegendo-os de agressões externas. Também fazem uma camada refletora da luz, fazendo com que os cabelos fiquem com mais brilho.

Os silicones mais comuns são: dimethicone, amodimethicone, cyclomethicone, methicone e mais variações terminadas em “one” haha.

A ordem em que os ingredientes aparecem importa!

Uma coisa que você precisa saber é que, em geral (mas não sempre), os componentes são listados em ordem decrescente de acordo com sua concentração. Assim, se você quer comprar uma máscara nutritiva, por exemplo, busque produtos que tenham óleos e manteigas diversas logo no início na composição.

Dica: Evite produtos em que os ingredientes de tratamento (leia-se hidratantes, óleos e manteigas, proteínas e aminoácidos) aparecerem apenas no final da fórmula, pois estes produtos costumam ser mais “maquiadores” dos fios do que de tratamento de fato.

Então, gostaram do post? Espero que daqui pra frente vocês consigam identificar melhor os produtos que comprarem! No próximo post da série vou falar sobre os tão polêmicos petrolatos (que deixei de fora aqui pra não ficar muito comprido o post!).

Beijo e até semana que vem ❤

Anúncios

Um comentário em “Decifrando o rótulo dos produtos capilares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s